Posts com a tag “Baby Planner”

domingo, 16 de dezembro de 2012

Férias de Verão : Cuidado com o Bebê


Olá mamães e gestantes queridas !! Tudo bem com vocês ? Enfim as férias de Verão chegaram e as crianças estão a mil por hora !!  O verão já deu sinais que está chegando e muitos já se preparam para viajar agora neste final de ano . Mas alguns cuidados são necessários quando falamos de bebês e crianças! Mas o que levar na bagagem ? Como organizar o dia a dia dos pequenos ? Por isso abaixo seguem algumas dicas para vocês cuidarem da bagagem dos pequenos .
Algumas Dicas para as Férias de Verão :
– Item indispensável é o Protetor Solar , comprar somente aqueles indicados para a pele dos bebês , possuem filtro físico pois os filtros químicos podem irritar a pele do bebê .
 Chapéu / bonés para proteger do sol
– Fralda própria para entrar na água do mar / piscina
 Roupas leves para deixar o seu bebê bem a vontade e curtir o passeio
– Hidratação é muito importante , para os bebês que já se alimentam de sólidos , oferecer água , sucos naturais , água de coco , chás sempre , para evitar a desidratação , dificilmente eles pedirão água por livre espontânea vontade.
– Creme hidratante especifico para pele dos bebês , pois com a exposição ao sol, água da piscina e água do mar , a pele pode ficar ressecada e necessita de uma hidratação extra.
– Piscina  portátil assim você pode deixar o bebê brincar ao seu lado no guarda sol e vc não precisa se preocupar com as ondas do mar a todo instante e além de poder protege-lo do sol.
– Brinquedos para praia/piscina , bóia própria para bebês
– Consultar o seu pediatra uma semana antes de viajar, para que ele possa orienta-la sobre os medicamentos e cuidados caso haja alguma intercorrência durante a viagem.
– Verificar o clima do local de destino para assegurar o que você deve incluir na bagagem do bebê
– Leve sempre 2 a 3 kits de roupa de meia estação para caso o tempo fique mais fresquinho no final de tarde a noite
– Toalhas de banho e praia 
– Verificar se onde vocês irão viajar existem supermercados ou farmácia por perto para que você possa comprar remédios , fraldas , papinhas caso necessário .
– Calcular a quantidade de fraldas a serem utilizadas de acordo com a quantidade de dias e o tempo de viagem que vocês farão , principalmente se no local não haja supermercado ou farmácia disponível ou próximo ao local onde vocês irão se hospedar
– Itens Saúde e Higiene : termômetro , remédios indicados pelo pediatra , sabonete liquido para corpo , cotonete , algodão , lenço umedecido.
– Outros itens importantes : Máquina fotográfica , filmadora , carteirinha do convênio , telefone do pediatra .
E agora é só aproveitar ,se divertir de montão e registar todos os momentos ,principalmente se esta for a primeira viagem do seu bebê !!!
Esta é a primeira viagem da Lais para a praia , e posso dizer que ela está adorando , não se assustou com a areia , água do mar , as ondas , já estreiou a areia na boca , a água salgada , a sensação de pisar com os pézinho na areia da praia  , de brincar com os brinquedos na areia … uma farra … mas com segurança e muito protetor solar !! Depois faço um post com as fotos das nossas férias !!!
E para as crianças maiores, são os mesmos cuidados em geral , porém uma atenção maior ao mar  , não se descuidem ao deixar as crianças entrarem na água do mar pois muitos se empolgam ,e segurança é a palavra em questão para evitar afogamentos .
Beijos
Pathy

Postado por Patricia Tsukada em 16/12/2012 às 09:21

Permalink nenhum comentário

Tags: baby planner, bebê, cuidados com o bebê, cuidados com o bebê verão



quinta-feira, 06 de dezembro de 2012

Alimentação do Bebê : Desmame e Introdução de Novos Alimentos

Oi mamães e gestantes queridas ! Hoje vamos falar um pouco sobre a alimentação dos nossos bebês ! E quem irá nos ajudar nesta tarefa pra lá de deliciosa é a consultora da equipe Mommy in Bloom Nutricionista Dominique Horta Buim .
DESMAME E INTRODUÇÃO DE NOVOS ALIMENTOS
Caso o desmame ocorra antes do quarto mês, não se deve introduzir alimentos e sim leite substituto, de preferência fórmula, pois o leite de vaca não é recomendado antes do primeiro ano de vida.
A introdução de novos alimentos deve ser feita de forma gradual, aumentando aos poucos o volume e consistência. A alimentação deve ser realizada em lugar calmo, mostrar-se interessada e persistente (sem forçar a ingestão), pois a recusa inicial é comum. É importante que o bebê esteja com fome e sem sono.
As primeiras colheradas ainda obedecem ao reflexo de sugar. Aos poucos, a mastigação e a deglutição são aprimoradas. Por este motivo, algumas “caretas” que podem ser interpretadas como recusa ao alimento, na verdade, fazem parte deste exercício, da transição “mamar” para “mastigar”.
Na primeira semana, deve ser oferecido suco coado sem açúcar, de uma única fruta no intervalo da manhã, substituindo uma mamada. Na segunda semana pode ser introduzida a papa de fruta (amassada e peneirada), também sem açúcar e de uma única fruta. A partir da terceira semana, pode-se continuar com suco ou papa e também oferecer alimentos salgados (na hora do almoço) amassados ou triturados, com muito pouco sal. Comece com dois alimentos e vá aumentado até que a criança consiga consumir o carboidrato (batata, arroz, mandioca), proteína (leguminosas, carne, frango, ovo), verduras e legumes. Todo novo alimento deve ser oferecido por três a quatro dias seguidos.
A consistência da papa salgada deve ser pastosa (papa) e não líquida (sopa). Isto porque inicia-se, muito oportunamente, o processo da mastigação, fundamental para o desenvolvimento da fala. A sopa, líquida, pode ter vantagens no preparo e rapidez de aceitação da refeição, porém, não traz as vantagens do estímulo e desenvolvimento.
Na oitava semana pode oferecer segunda refeição salgada, no jantar. Vá evoluindo a consistência. Já pode introduzir um pouco de gema e fígado. Comida no almoço e jantar, fruta, papa de fruta ou suco (evoluir o volume gradativamente, chegando até 100ml) no intervalo da manhã e, nos demais horários, mamada.
Com dez meses, deve-se estimular a pega do bebê, dando alimentos na mão. Evoluir a consistência e colocar um pouco mais de sal. Colocar suco, papa ou fruta no intervalo da tarde junto com a mamada. Com doze meses a refeição pode ser parecida com a da família, mas com os alimentos um pouco mais abrandados.
Deve-se ter cuidado durante o preparo da alimentação, lavar as mãos, escolher bem os ingredientes, lavar bem, manter sob refrigeração, descongelamento adequado, não soprar os alimentos para esfriar. Os vegetais devem ser de preferência orgânicos, por não conter substâncias tóxicas.
O ovo pode ser oferecido inteiro a partir do sexto mês. O mel é desaconselhável antes do primeiro ano de vida, assim como açúcar, refrigerante, sucos em pó, salgadinho, embutidos, frituras, café, chá, bala e outras guloseimas.
Receitas de papas salgadas
Papa de batata baroa, cenoura e chuchu
Ingredientes:
1 batata baroa média
1 cenoura pequena
1 chuchu pequeno
80 g de peito de frango (1 filé pequeno ou ¼ de peito)
2 ½ a 3 xícaras (chá) de água filtrada
Modo de preparo: Lave e descasque a batata baroa, a cenoura e o chuchu. Retire o miolo branco do chuchu e corte os legumes em pedaços. Coloque o frango e os legumes na panela com a água. Cozinhe em fogo brando por 15 a 20 minutos ou até que os legumes estejam macios. Retire os legumes da panela, amasse-os com um garfo, até formar uma papa homogênea.
Observação: a batata baroa pode ser substituída por batata doce.
Papa de carne, fubá e couve
Ingredientes:
2 colheres (sopa) de carne moída
1 colher (sobremesa) de óleo
1 colher (chá) de cebola ralada
4 colheres (sopa) de fubá
½ folha de couve picadinha
1 colher (café) nivelada de sal
Modo de preparo: Refogue no óleo a cebola e a carne. Acrescente 2 copos de água e o fubá. Deixe cozinhar, sem parar de mexer, até que o caldo fique encorpado. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos em fogo brando. Se necessário acrescente mais água.
Papa de arroz, abobrinha e ovo
Ingredientes:
2 colheres (sopa) de arroz cru lavado
1 colher (sobremesa) de óleo
1 colher (chá) de cebola picada
½ unidade de abobrinha picada
1 colher (café) nivelada de sal
1 ovo
Modo de preparo: Refogue no óleo a cebola, arroz e a abobrinha. Cubra com água e cozinhe até o arroz e a abobrinha estarem bem cozidos. Cozinhe o ovo à parte. Coloque no prato e amasse junto com o ovo cozido.
Dominique Horta Buim – Nutricionista Equipe Mommy in Bloom 
Espero que tenham gostado e experimentem as receitas!
Bjs
Pathy

Postado por Patricia Tsukada em 06/12/2012 às 09:05

Permalink nenhum comentário

Tags: alimentação bebê, baby planner, bebê, cuidados com o bebê



sábado, 01 de dezembro de 2012

Segurança do Bebê : Preparar a Casa antes e depois do Bebê Chegar

Oiii mamães e gestantes queridas ! O Diário de Viagem continua , temos assuntos sem fim… pois é uma delícia poder dividir com todas vocês .Mas hoje o post é sobre Segurança do Bebê , como preparar a casa para o bebê antes dele chegar e antes de engatinhar. E esse tópico acaba ficando um pouco de lado , mas ele é muito importante pois é a segurança dos pequenos que está em questão . Resolvi escrever sobre ele , pois aqui em casa estou na segunda etapa : o de preparar a casa antes do bebê engatinhar. A Lais minha filha caçula está dando os seus primeiros passos no processo de engatinhar …. por enquanto ela só faz movimentos como se fosse um “sapinho” , muitos bebês iniciam se arrastando como “cobrinhas” , a Camilla minha filha mais velha foi assim , mas a Lais resolveu inovar e saltar…. rssss Por isso resolvi dividir a minha experiência com todas vocês. Na viagem a Orlando , comprei os apetrechos necessários para preparar a minha casa (fotinho no post) , desde protetor de porta para não amassar o dedinho da Lais , protetor de tomada , trava de gavetas e portas de armários , protetor de quinas de móveis … e por ai vai …
Não vemos a hora de nossos bebês engatinharem e para esse  ser um momento tranquilo e de muita curtição alguns cuidados são necessários, pois ao “piscar de olhos” os bebês já descobriram o “proibido”…. e aqui em casa a Lais já está se aventurando nesse território proibido….
Abaixo algumas dicas de Segurança :
Preparar a Casa antes do Bebê Chegar : 
•Montar um kit de primeiros socorros para os bebês.
•Deixar os números de emergência da polícia, incêndio e controle de veneno ao lado dos seus telefones ou em um lugar de fácil acesso.
•Defina o seu aquecedor de água não superior a 48 graus Celsius
•Assegure-se berço do bebê tenha uma parte inferior resistente e uma base, de largura estável; as superfícies são lisas, sem saliências;o colchão é firme e se ajusta confortavelmente , se o berço possuir rodinhas que duas delas possuam travas de segurança
• Coloque lenços umedecidos e artigos de higiene próximo ao seu alcance, mas fora do bebê. Verifique se há carpete ou tapete embaixo do trocador em caso de queda (embora isso possa não evitar uma lesão grave)
•Compre um assento de carro especifico para crianças. Instale-o corretamente, na posição voltada para trás e no meio do banco de trás, se possível.
Preparar a casa antes do Bebê Engatinhar :
* Em média, os bebês engatinham aos oito meses, o que significa que muitos se movimentam ainda mais cedo.
•Medicamentos : Tranque o armário de medicamentos, vitaminas, anti-sépticos bucais e demais produtos que ofereçam perigo de intoxicação.
•Manter a comida quente e bebidas longe das bordas de mesas e balcões
•Não utilize toalhas de mesa compridas ou jogos americanos,pois as crianças podem puxá-las e acabar derrubando os alimentos quentes em si mesmas.
•Coloque protetores em todas as tomadas não utilizadas de sua casa . Crianças são naturalmente curiosas  e , na hora de brincar , podem tomar um choque elétrico
•Janelas e sacadas : Cuidado com as quedas! Instale sempre grades ou redes de segurança em suas janelas e sacadas.
•Escadas :Use portões de segurança no topo e no pé das escada
•Móveis : Cuidado com quinas afiadas , coloque protetores de cantos e mantenha os móveis longe de janelas e cortinas.
•Berço : Remova todos os objetos do berço quando o bebê estiver dormindo para evitar a asfixia
•Trocador : ao trocar a fralda do bebê , procure sempre manter uma mão em seu contato , pois ele pode se virar e cair em qualquer desvio de atenção . Bebês nunca devem ficar sozinhos sobre móveis.
• Use protetor de portas para proteger os dedos de seu bebê.
•Objetos pequenos : Certifique-se de que o ambiente está livre de itens como botões ,moedas , brincos e colares de contas , pois crianças tendem a levar esses objetos à boca , correndo o risco de se engasgarem .
•Ao escolher brinquedos sempre considere a idade, a habilidade da criança e busque sempre o selo do Inmetro. Evite brinquedos com pontas afiadas como flechas e os que produzem sons altos.

Bjs
Pathy

Postado por Patricia Tsukada em 01/12/2012 às 09:40

Permalink nenhum comentário

Tags: baby planner, bebê, cuidados com o bebê, segurança bebê



quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Diário de Viagem com o Bebê : Produtos para o Bebê – Parte 2

Olá mamães e gestantes queridas !! Mais alguns produtos que achei interessante em mostrar para vocês na minha visita na Loja Macrobaby em Orlando . Eram muitos itens , e imaginem cada corredor repleto de produtos , marcas ,modelos … faz uma mãe de primeira viagem ficar maluquinha com tanta variedade e opções . Por isso menos é mais , sempre em em mente que praticidade é a palavra chave na hora da escolha dos produtos , lógico que deve se levar em conta o estilo de vida da família.
De acordo com a foto na primeira fileira da esquerda para direita :
1) Fresh Food Mill : como se fosse um moedor de carne , porém específico para fazer papinhas de bebês , indicado para os bebês que já estão ingerindo papinhas menos líquidas e conseguem mastigar pedacinhos pequenos de alimentos . Adquiri e adorei ! As papinhas ficam ótimas. 
2) GNAW (Multi-Purpose Teething Tether) Boon : sabe aquela bolacha que vive caindo da mão do seu bebê ?! Então assim, como o prendedor de chupeta o GNAW , fica preso a roupa e prende o biscoito ,evitando com que ele caia no chão e também com que o bebê faça aquela bagunça com a bolacha . Produto adquirido depois conto a minha experiência.
3)Catch Bowl- Boon: tigela com uma aba para evitar que a comida caia no chão uma extensão, recomendado para bebês acima 9+meses. Produto adquirido depois conto minha experiência
4)Swig (sippy cup) – Boon: copo antivazamento , ergonômico, designer moderno , onde o bico é flexível , recomendado para bebês acima 9+meses. Produto adquirido depois falo se a Lais curtiu.
5)Porta Biscoitos Munchkin : o potinho não deixa os cereais cairem e de fácil manuseio , ótima opção para estimular a coordenação motora dos bebês, recomendado para bebês acima de 12+meses. Produto adquirido vamos ver se a Lais curte. 
6) Trocador de Fralda Descartável Munchkin: prático , fácil de carregar , ótimo p/ passeios.
7)Extensor de Body : excelente dica ,pois os bebês crescem rápido e perdem as roupas em um “piscar de olhos”, assim o bebê pode usar mais tempo o body sem perde-lo de um dia para o outro.
8)Viseira para lavar a  cabeça : protetor que evita com que a água caia nos olhos da criança enquanto a mamãe lava o cabelo dela.
9) Lawn (Escorredor de Mamadeiras ) e Stem(escorredor bico mamadeira) : escorredor de mamadeira que imita grama e para deixar mais florido têm o acessório que imita uma flor onde você pode colocar os bicos das mamadeiras uma graça !
 E não poderiam faltar os carrinhos de Bebê ! Da primeira fileira começando da esquerda para a direita  :
1) Quinny Moodd by Britto : lindo !
2) Baby Jogger : para as mamães corredoras
3)Stokke Xplory : lindo ! Cobiçado por todas as mamães !
4)Origami -4MOMS: abre e fecha em um “click”
5)Protetor de bebê Conforto Uppababy: proteger o bebê contra o sol , vento .
6)Milhares de modelos de Bebê Confortos .
Espero que tenham gostado e os post continuam. Depois falarei especificamente sobre carrinhos de bebê em um outro post.
Bjs
Pathy

Postado por Patricia Tsukada em 28/11/2012 às 09:45

Permalink nenhum comentário

Tags: alimentação bebê, baby planner, bebê, carrrinho bebê, produtos bebê



Aleitamento Materno

Oii Meninas ,
Segue um post feito pela Nutricionista Dominique Horta Buim que faz parte da equipe de consultores da Mommy in Bloom .
Aleitamento Materno :
Recomenda-se o aleitamento exclusivo nos primeiros seis meses de vida.  Após esse período, alguns alimentos devem ser adicionados, porém o leite materno deve continuar sendo oferecido como complemento da alimentação até pelo menos o primeiro aniversário ou até dois anos de idade.
 O aleitamento materno é o melhor alimento nessa fase, porque:
– possui todos os nutrientes necessários , em quantidades e biodispiniblidades adequadas;
– protege de alergias, infecções e outras doenças por conter imunoglobulinas, formar a microbiota do bebê , além de possuir enzimas protetoras ;
– contribui para crescimento e desenvolvimento saudáveis ;
– contribui para a saúde global da criança ;
– ajuda no desenvolvimento de fala , visão e inteligência ;
– promove a relação especial entre mãe e filho , reforçando os laços afetivos ;
– facilita o desenvolvimento emocional saudável ;
– leva a um menor número de consultas médicas e internamentos hospitalares.
A mãe também possui vantagens ao amamentar, pois a amamentação promove uma recuperação rápida após o parto, previne gestações próximas e aumenta a auto-confiança.
 Os leites artificiais estão muito longe de poder ser comparados ao leite humano. Caso seja necessária a incorporação desses, a recomendação deve ser feita por nutricionista ou médico, escolhendo a melhor fórmula para cada caso e, se possível, complementar com o aleitamento materno.
O nutricionista pode orientar em relação às dificuldades na amamentação. Veja algumas dicas:
• Esvazie completamente o primeiro seio para só então passar para o segundo. Muitas vezes, o esvaziamento total da mama exige algumas mamadas no mesmo peito. Quando a mãe alterna os dois seios em cada mamada, pode produzir excesso de leite.
• O tempo da mamada pode variar, assim como a freqüência. Deve-se oferecer o peito sempre que houver sinal de fome (antes mesmo do choro).
• Com tranquilidade, conforto e confiança, aos poucos mãe e filho vão aprendendo e se entrosando, sem motivos para desespero. Durante as mamadas a atenção da mãe deve estar para o filho, fortalecendo o vínculo entre eles.
•  Muitas vezes, as fissuras nos seios acontecem por conta da pega incorreta do bebê no seio. O correto é o bebê abocanhar toda a aréola, para ter uma melhor sucção e não ferir a mãe.
• Nos primeiros meses de vida, tudo o que o bebê precisa está no leite materno. Não dê a ele chá, água, suco ou outro tipo de leite sem orientação médica. Próximo ao quarto mês, a criança que estava fazendo mamadas em espaços maiores, começa a querer mamar mais, dando a sensação de que o leite não está suficiente, essa crise dura cerca de oito dias, até normalizar.
• Para manter o peito sadio, o melhor é fazer uma leve pressão para saída do leite e passar o próprio líquido ao redor da aréola. O uso de pomadas e cremes só deve ser feito com orientação médica. A limpeza do seio deve ser feito apenas com água filtrada no primeiro mês e água de torneira a partir do segundo mês, lave antes e depois das mamadas. Aconselha-se a exposição ao sol (já antes do parto). Deixe o mamilo com fissura mais livre para que o local fique seco e não haja fricção de roupas.
• Orienta-se não fumar, pois a nicotina presente no cigarro passa para o leite materno, assim como o álcool e outras drogas. Com isso, pode haver alterações no sistema nervoso central do bebê, com prejuízos para o seu desenvolvimento.
• Dificuldades na amamentação são muito comuns, especialmente nos primeiros dias. Procure ajuda sempre que sentir necessidade. Muitas vezes, a dificuldade é causada apenas por um posicionamento incorreto ou pelo fato de o bebê estar sonolento, fatores que podem ser contornados facilmente, sem precisar desistir do processo.
• A melhor maneira de prevenir as complicações da amamentação é que ela ocorra logo após o parto, na primeira hora.
Caso a produção de leite seja insuficiente (diagnosticado através de bebê com baixo peso ou ganho de peso insuficiente para o período analisado), deve-se estimular mais mamadas, maior consumo de água pela mãe e caso o bebê durma nas mamadas, siga as orientações a seguir:
• Coloque o dedo mínimo na boca, diminuindo a pressão para não machucar a mama, caso o bebê desperte, pode voltar a mamar. Bebês mais sonolentos podem ser trocados antes da mamada e não ficarem muito agasalhados.
• A chupeta deve ser evitada nas primeiras semana após ao parto
• O bebê deve estar calmo para amamentar. Caso esteja chorando muito, acalme-o antes
• O esvaziamento gástrico do leite materno é mais rápido que o do leite artificial (metade do tempo) por isso as mamadas são mais frequentes
• Quando não for possível amamentar, a mãe deve extrair o leite manualmente ou com bomba elétrica, armazenar em frascos de vidro esterilizados e armazenar em congelador ou freezer. A validade é de 15 dias no freezer e de 24 hs no congelador. O leite deve ser descongelado na geladeira, aquecido em banho maria desligado, agitando o frasco para homogeneizar. Ofereça em copinho ou colher.
Texto por  : Dominique Horta Buim Nutricionista Consultar da Equipe Mommy in Bloom 
 Bjs 
Pathy 

Postado por Patricia Tsukada em 28/11/2012 às 09:11

Permalink nenhum comentário

Tags: alimentação bebê, amamentação, baby planner, bebê, cuidados com o bebê